HISTÓRIA

Se você chegou até nosso site, é porque já conhece do assunto, porém nunca é demais falar sobre essa prática que está fazendo o maior sucesso no Brasil.

 

Basicamente o Growler é um reservatório de aproximadamente 2 litros com uma tampa de pressão que conserva a cerveja por até uma semana, desde que armazenado refrigerado. Essa prática é bastante utilizada nos Estados Unidos, o sujeito pode comprar um Growler no bar, enchê-lo da cerveja on tap (na pressão) que mais lhe agradar e ir bebê-la no aconchego do lar. Além de ser conveniente, beber cerveja acaba saindo mais barato.

 

Assim como comida, já pensou em pedir "cerveja para viagem"? Certamente, essa será uma prática comum no Brasil em um futuro próximo.

 

Atribui-se a invenção do growler à cervejaria Otto Brothers Brewery, no final do século XIX, que hoje se tornou a Wildlife Brewing, do estado americano de Idaho. No começo do século XX, era comum ver garotos circulando com Growlers pelas ruas de Nova York, que iam buscar as cervejas que seus pais beberiam à noite, quando voltassem do trabalho.

O funcionamento continua tão simples quanto na origem. A pessoa compra o recipiente e, sempre que quiser, pode levá-lo para encher direto na cervejaria, no bar, no pub ou qualquer outro lugar que venda chope no barril. A ideia é que seja perto de casa (pela praticidade), mas o dono do growler também pode aproveitar o fim de semana para ir mais longe em busca daquela bebida especial. Dependendo da vedação da garrafa e do seu nível de exigência, o conteúdo dura entre dois e sete dias na geladeira.

 

Seu uso apesar de simples, requer alguns cuidados, para garantir que a cerveja esteja boa no momento do consumo.

 

O grande truque para se encher o growler é evitar ao máximo a formação de espuma, pois além de perder parte do gás, fica difícil dimensionar se o growler foi cheio corretamente. Alguns fabricantes de equipamentos para cervejeiros desenvolveram algumas soluções que podem ser encaixadas na chopeira, e permitem encher o growler do fundo para o topo. Estas soluções evitam a formação de espuma excessiva e ajudam a manter o gás.

 

Após o consumo é preciso limpar o Growler imediatamente, com água corrente e detergente.

 

Se for mantê-lo guardado um bom tempo, recomenda-se guarda-lo seco.Caso vá enchê-lo novamente em pouco tempo, guarda-lo cheio de água evita o trabalho de seca-lo.

Nunca o guarde úmido ou com resquícios de cerveja dentro, depois para limpa-lo o trabalho será bem maior, além do risco de desenvolvimento de bolores e mofos no interior.

 

Alguns cervejeiros, gostam de sanitizar o growler instantes antes do envase, garantindo assim que a cerveja não seja prejudicada por qualquer contaminação que possa haver dentro do growler. Esta sanitização não é necessária, lavar com água e sabão e enxaguar bem já é suficiente. Alguns lugares recomendam que o último enxague seja com água fervendo, garantindo assim uma sanitização.